Homem é preso por sequestro e estupro de uma criança de 12 anos no Distrito Federal

CRIMES REAISCASOS BRASILEIROS

6/29/20232 min read

Homem é preso por sequestro e estupro de uma criança de 12 anos no Distrito Federal

Homem é preso por sequestro e estupro de uma criança de 12 anos no Distrito Federal

Um homem suspeito de sequestrar e estuprar uma criança de 12 anos foi capturado enquanto carregava a vítima dentro de uma mala até seu apartamento, conforme registrado por câmeras de segurança (veja vídeo acima). Daniel Moraes Bittar foi preso na quinta-feira (29) no Distrito Federal.

As imagens de segurança mostram o momento em que o homem chega ao prédio onde mora com uma mala coberta por um cobertor. Ele sobe as escadas carregando a mala até o andar onde está seu apartamento. Segundo informações da Polícia Militar, a vítima estava dopada dentro da mala.

A criança foi levada do Jardim Ingá, em Luziânia, e foi encontrada em um apartamento na Asa Norte, em Brasília. De acordo com a polícia, a menina estava seminua, com várias escoriações pelo corpo e algemada pelos pés.

A vítima relatou aos policiais que o homem a rendeu utilizando uma faca. Em seguida, uma mulher usou um pano embebido em clorofórmio para dopá-la. Segundo o relato, a criança foi colocada dentro de uma mala e acordou na casa do agressor.

O homem foi conduzido à 5ª Delegacia de Polícia, localizada na Asa Norte. Até o momento da última atualização desta matéria, a mulher que colaborou com o suspeito no crime não havia sido encontrada pela polícia.

Daniel Moraes Bittar é servidor do Banco de Brasília (BRB), e a instituição emitiu uma nota afirmando que repudia veementemente todas as práticas criminosas, especialmente aquelas de cunho sexual e contra menores.

A Polícia Militar do Distrito Federal efetuou a prisão do homem suspeito de sequestrar e estuprar a criança de 12 anos na noite de quarta-feira (28). A vítima, que foi levada do Jardim Ingá, em Luziânia, foi encontrada em um apartamento na Asa Norte, em Brasília.

Segundo informações da corporação, a menina estava seminua, apresentava diversas escoriações pelo corpo e estava algemada pelos pés.

De acordo com o relato da vítima aos policiais, o homem utilizou uma faca para render a criança. Em seguida, uma mulher usou clorofórmio em um pano para dopá-la. A criança acordou no apartamento do agressor após ter sido colocada dentro de uma mala.

No apartamento, os policiais encontraram máquinas de choque, câmeras fotográficas, objetos sexuais e material pornográfico. Os equipamentos eletrônicos foram apreendidos e passarão por perícia. Além disso, foi encontrada uma estufa para produção de maconha e um galão de clorofórmio.

O homem foi levado para a 5ª Delegacia de Polícia, na Asa Norte. Até o momento da última atualização desta matéria, a mulher que auxiliou o suspeito no crime não havia sido localizada pela polícia

Outros Casos