A Chacina da Serra das Areias

CRIMES REAISCASOS BRASILEIROS

4/24/20235 min read

4 mortes brutais por causa de ciúmes

Hellen Martins da Silva era uma jovem de 15 anos que morava em Aparecida de Goiânia com sua família. Grupo de amigos Hellen, Daniele Gomes da Silva 15 anos, Raissa de Souza Ferreira 15 anos, Naylor Henrique Gomes Carneiro, de 18 anos, Denis Pereira dos Santos, de 16 anos. Em 2013, Hellen e Thaygo Henrique Alves Santana, de 18 anos, começaram a namorar, Thaygo era bandido conhecido na região, tinha passagens na polícia por roubo e latrocínio.


No dia 19 de agosto de 2013 o grupo de amigos desapareceu, às 20h da noite nenhum tinha voltado pra casa, mães como sabiam das amizades ligam umas pras outras perguntando e percebem que todos sumiram, chamam a polícia.


Mesmo dia Denis é encontrado morto em região afastada de mata chamada Parque da Serra das Areias, uma área de proteção ambiental cercada de natureza. Tiro na cabeça. No dia 26 de agosto, 1 semana depois, as autoridades receberam denúncia anônima sobre mais três corpos encontrados no Parque da Serra das Areias. Eles foram imediatamente para o local, mas só conseguiram encontrar o corpo no final da noite. Os três corpos estavam em alto estágio de decomposição e carbonizados. Devido ao estado em que os corpos estavam, a polícia não conseguiu identificar se além dos tiros, teriam sofrido alguma agressão ou abuso, mas conseguiram identificar que eles pertenciam a Raissa, Daniele e Naylor.

Ainda estava faltando uma integrante do grupo, Hellen. O corpo dela não tinha sido encontrado e segundo a família, ela tinha enviado uma mensagem falando que viajaria por tempo indeterminado. Mas depois de 11 dias de investigação, a polícia recebeu outra denúncia anônima sobre o paradeiro da jovem, ela estava na casa de uma tia do namorado. Hellen foi encontrada e presa e em seu depoimento, confessou que seu namorado Thaygo tinha cometido os crimes e que ela estava escondida na casa da tia dele porque ele a tinha ameaçado para não sair de lá.

Ela revelou que o motivo do crime, tinha sido o ciúmes de Thaygo contra Naylor e que os outros jovens, só foram assassinados porque estavam no local errado, na hora errada. De acordo com Hellen, em Agosto de 2013, ela postou uma foto com Naylor em suas redes sociais. Thaygo não gostou de ver sua namorada com outro rapaz, e foi procurar saber quem era ele. Hellen contou que ele era apenas um amigo, mas que ficava dando em cima dela e mostrou algumas mensagens que Naylor tinha enviado no Facebook. Thaygo ficou extremamente irritado e mandou mensagem para Naylor ameaçando de morte, Naylor se afasta de Hellen mas não é suficiente.

No dia 19 de agosto de 2013, Thaygo, ainda com ciúmes da situação, decidiu ir atrás de Naylor para tirar satisfação. Por volta de 10h ele foi até a casa de Hellen com Alison Pereira Costa e Silva, um amigo do rapaz de 19 anos traficante e outro rapaz Elvis Fortes 17 anos, para descobrir onde Naylor morava, Hellen disse não saber onde ficava a casa do rapaz, mas que sua amiga Raissa saberia. Os três foram até a casa da jovem, chegando lá, encontraram Raissa e Daniele no quintal e obrigaram elas a entrarem no carro e levar eles até a casa do rapaz.

Naylor estava em sua casa com seu amigo Denis, e foi surpreendido com a chegada de Thaygo e companhia. Eles foram obrigados a entrar no carro e irem em direção ao Parque da Serra das Areias, lá Thaygo mandou Naylor, Raissa e Daniele se ajoelharem no chão em fileiras e atirou na cabeça de cada um. Denis foi levado para um outro lugar no meio do Parque da Serra das Areias, mas logo foi baleado na cabeça também, levaram pra outro lugar pra dificultar que todos os corpos fossem encontrados.

Após as mortes, e enquanto apenas o corpo de Denis havia sido localizado, Alison e Elvis voltaram ao local onde foram mortas as três primeiras vítimas e atearam fogo aos corpos, para dificultar o reconhecimento.

Segundo Hellen ela não participou dos crimes, só assistiu, não sabia que Thaygo faria isso, achava que ele e Naylor iriam só brigar, não conseguiu impedir porque temeu que também fosse morta. Hellen contou onde Thaygo estava escondido junto com Alison. Ao chegarem no local, houve uma troca de tiros, Alison foi baleado e levado ao hospital, Thaygo preso. Thaygo em seu depoimento confessou o crime, mas disse que Hellen tinha pedido para ele matar Naylor como prova de amor, além de ter participado de todo o planejamento do crime e atirado em Denis. Thaygo disse que ele atirou em Naylor, Elvis atirou em Raissa, Alison atirou em Daniele e Hellen em Denis.


Confrontada com essa informação, Hellen confessou que foi ela quem atirou em Denis mas porque foi coagida por Thaygo, ele a obrigou para garantir o envolvimento dela e que ela ficasse com medo de contar pras autoridades.

Dias depois Elvis, menor envolvido foi executado em um crime não solucionado (vingança?) e Alison não resistiu e morreu no hospital. Thaygo mudou declaração disse que era inocente e só confessou devido a ameaças que Alison tinha feito ao rapaz e sua família. Segundo nova versão do Thaygo, Alison vendia drogas e Naylor estava devendo dinheiro para ele, então ele obrigou Thaygo a ir até a casa do jovem e cobrar a dívida, mas ninguém acreditou nessa história.

Em 2019, Thaygo foi condenado a 63 anos de prisão em regime fechado, a defesa recorreu e conseguiu reduzir a pena para 25 anos. No dia 23 de abril do mesmo ano, Thaygo participou de uma rebelião na cadeia e foi um dos presos que conseguiu fugir, ele ficou foragido por 6 meses até ser encontrado e preso novamente.

Hellen por ser menor foi condenada apenas a cumprir medidas socioeducativas.

Outros Casos